NOTICIAS

Prefeitura de Belo Horizonte amplia atendimento à dengue na regional Noroeste

A Prefeitura de Belo Horizonte abriu nesta segunda-feira (11) mais um local destinado ao cuidado de pessoas com sintomas de dengue, chikungunya e zika. O novo Centro de Atendimento às Arboviroses (CAA) e uma Unidade de Reposição Volêmica (URV) serão instalados na estrutura da UPA HOB e funcionarão 24 horas por dia. Os serviços serão ofertados de forma espontânea e o acesso à unidade será pela Rua Pereira Passos, 38 – São Cristóvão.

Essa estratégia também faz parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses, que tem como objetivo ampliar o atendimento à população. Serão 200 atendimentos por dia e 30 leitos disponíveis para 350 internações por mês. A orientação é que pessoas que apresentarem febre, dores musculares e nas articulações, manchas vermelhas na pele, dor de cabeça ou atrás dos olhos, náuseas ou vômitos procurem os serviços. Para garantir a assistência médica à população, o quadro de profissionais será composto por diversos trabalhadores, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

O secretário municipal de Saúde de Belo Horizonte, Danilo Borges Matias, comemorou mais esse equipamento que se junta às estratégias adotadas pela Prefeitura no enfrentamento da dengue, chikungunya e zika. “Essa entrega vem num momento muito oportuno, porque a gente ainda vê uma subida nos casos. É fato que é uma subida menos acelerada do que quando a gente observa as outras semanas de fevereiro, mas a gente ainda precisa dessa força e temos certeza que esse serviço será muito bem aproveitado, uma grande entrega para a população”.

Para ampliar os serviços de atendimento à população, já foram abertos dois Centros de Atendimento às Arboviroses (CAAs). A unidade da regional Barreiro está com o horário de funcionamento ampliado, prestando assistência 24 horas por dia. Já a unidade da região Centro-Sul mantém o atendimento da população das 7h às 22h. Essas unidades são porta aberta, ou seja, ofertam cuidado de forma espontânea às pessoas com sintomas como febre, dores no corpo ou atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele.

Foram abertas ainda as Unidades de Reposição Volêmica (URVs), que funcionam durante 24 horas, todos os dias da semana. Esses equipamentos ficam nas regionais Barreiro e Centro-Sul e recebem exclusivamente os usuários encaminhados de centros de saúde, CAAs e UPAs e que precisam de hidratação venosa e assistência contínua. Ou seja, não é um serviço de porta aberta.

Também estão em funcionamento dois hospitais temporários, nas regionais Venda Nova e Oeste, além de um hospital de campanha, na região Norte da cidade. Esses locais funcionam 24 horas, todos os dias da semana.

Em parceria com a Fhemig, foram instaladas URVs no Hospital Júlia Kubitschek, no Barreiro, e no Hospital Infantil João Paulo II, na região Centro-Sul, para atender crianças. Essas unidades funcionam 24 horas por dia.

Fonte: gov.br

suporte

Comentar

clique para comentar


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

 Cross Fit /  Gloria / 71 Visitas

Guia de Empresas

abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930