NOTICIAS

Força-tarefa combate roubos de fios de cobre nas regiões Nordeste, Pampulha e Noroeste de BH

Ferros-velhos de Belo Horizonte que comercializam materiais metálicos recicláveis, principalmente fios de cobre, são alvo de uma operação conjunta da prefeitura, polícias Civil e Militar e operadoras de telefonia, nesta quarta-feira (27).

De acordo com a gerente de Operações Integradas e Eventos do COP BH, Sheila Venâncio, o foco é fiscalizar os estabelecimentos e prevenir furtos de cobre na cidade.

“Vamos olhar a questão do funcionamento regular, verificando documentação, quanto também a fase repressiva, que é evitar furtos de cobre, grelhas, hidrômetros e qualquer material ferroso que possa ser furtado pela cidade”.

Conforme o Hoje em Dia tem mostrado nos últimos dias, o roubo de cabos desafia as forças de segurança em BH. Além da interrupção no fornecimento de energia, dos sinais de trânsito comprometidos e das redes de telefonia e internet inoperantes, o crime deixa prejuízos financeiros a empresários e impede a população de acessar serviços públicos.

Só no passado, 848 mil mineiros ficaram sem acesso a serviços de telecomunicações – telefonia e internet – devido ao furto e roubo de cabos.

As operações desta quarta ocorrem nas regiões Nordeste, Pampulha e Noroeste. Segundo a gerente do COP, a escolha dos locais foi definida após um mapeamento de ocorrências, que geram gastos às operadoras de serviços na cidade.

“Os furtos de de cobre podem causar problemas graves, como a interrupção do fornecimento de energia para hospitais. Tem a falta de comunicação por conta dos cabos de telefonia cortados e tem aquestão semafórica também, que pode provocar acidentes”, detalhou a servidora.

De acordo com Sheila, os crimes ocorrem em diversas regiões da cidade, sobretudo nas regionais cortadas pela avenida Antônio Carlos. “Pegamos a Nordeste, Noroeste e Pampulha por ser uma área limítrofe. Tem a Centro-Sul que também se destaca, mas é uma outra abordagem, diferente da operação de hoje”, enfatizou.

Pelo menos três estabelecimentos foram fiscalizados nesta quarta. Em um deles, a polícia localizou produtos ilícitos e um animal em situação de maus-tratos.

“Encontramos vários frascos de drogas. Esse local já é conhecido por tráfico de drogas. Encontramos ainda um animal trancado, sem espaço, água e comida. Tibemos que arrebentar a porta para o retirar. Tinha ainda três frascos de lança-perfume”, informou o delegado Fernando Diniz.

Conforme a PBH, as abordagens irão se estender em outros estabelecimentos nas demais regiões da cidade.

Fonte: hojeemdia

suporte

Comentar

clique para comentar


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Guia de Empresas

abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930