NOTICIAS

Chuva forte faz BH ultrapassar média de março e causa estragos

As fortes chuvas que caíram desde a tarde de sexta-feira (22/03) até a manhã de sábado chegaram à média de 63 milímetros (mm) e, com isso, Belo Horizonte já bateu a média histórica de volume chuvoso previsto para o mês de março, que é de 197,5 mm, chegando a 199,14 mm (+0,8%), segundo a Defesa Civil de BH. Bombeiros registraram estragos no estado e na Grande BH

A contribuição de 63mm em média das chuvas de sexta-feira para sábado colaborou para ultrapassar a média de março. Para se ter uma ideia, esse volume que caiu em 12 horas seria mais que suficiente para que o acumulado em uma área equivalente a metade de uma quadra de tênis pudesse encher um caminhão-pipa pequeno.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) foram 31 acionamentos relativos às chuvas dessas 12 horas. Três ocorrências relativas a salvamentos de pessoas em inundação, alagamento ou enxurrada, entre 18h55 e 23h15, nos municípios de Pará de Minas, Ribeirão das Neves e Mateus Leme, e duas chamadas entre meia noite e 1h50, em Juatuba e outra em BH, onde uma casa de uma idosa foi inundada no Bairro Palmeiras.

Duas chamadas foram para socorro em área de desabamentos, desmoronamentos e colapsos estruturais. Uma delas em Vespasiano, por volta de 23h30, quando parte de um muro de uma residência de três pavimentos desabou. No local, estavam quatro adultos e duas crianças. Ninguém se feriu, mas o imóvel apresentou rachaduras. A família foi retirada e o lugar isolado. Defesa Civil acionada.

O maior volume de chamadas foi sobre árvores caídas em via pública, totalizando 20 atendimentos, sendo 12 na Grande BH. Uma das árvores caiu sobre um veículo em Esmeraldas, por volta de 22h35. Havia pessoas dentro do veículo no momento da queda, mas ninguém se feriu, nem ficou retido. A causa teria sido um deslizamento de terra em uma estrada que liga 2 condomínios.

Em BH, o atendimento foi no Bairro Serra, Região Centro-Sul, por volta de 20h. Uma grande folha de palmeira em um condomínio caiu sobre o telhado de uma residência causando danos.

No acumulado desde o início do mês, a regional que registrou o maior volume de chuvas foi a Centro-Sul com 284,8mm, volume 144,2% acima da média de março. Em seguida veio a Oeste, com 284,6 mm (144,1%), a Barreiro, com 254,3mm (128,8%), a Noroeste, com 240 mm (121,5%), a Nordeste, com 165,4mm (83,7%), a Pampulha, com 160 mm (81%), a Leste, com 140,8 mm (71,3%), Venda Nova, com 137,2mm (69,5%) e a Norte, com 125,2mm (63,4%).

A regional onde choveu mais forte no período de sexta-feira para sábado foi a Noroeste, onde o volume total chegou a 85,2 mm.

Fonte: Estado De Minas

suporte

Comentar

clique para comentar


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

 Farmacias /  Caiçara / 66 Visitas

Guia de Empresas

abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930